ANÁLISE: Abaporu

O “Abaporu”, obra prima de Tarsila do Amaral surgiu de sua liberdade de expressão, característica do Movimento Modernista Brasileiro. Tarsila representou paisagens e figuras vindas de sua imaginação e cores que refletisse as de sua terra, sendo possível contar através da pintura as lendas e o folclore do Brasil.

O quadro foi pintado para dar de presente ao escritor e então marido Oswald de Andrade. Quando este viu a tela, assustou-se e chamou seu amigo, o também escritor Raul Bopp. Ficaram olhando aquela figura estranha e concluíram que ela representava algo de excepcional. Tarsila lembrou-se então de seu dicionário tupi-guarani e batizaram o quadro como Abaporu (o homem que come). Foi aí que Oswald escreveu o Manifesto Antropófago e criaram o Movimento Antropofágico, com a intenção de "deglutir" a cultura européia e transformá-la em algo bem brasileiro. Este Movimento foi muito importante para a arte brasileira e significou uma síntese do Movimento Modernista Brasileiro, que queria modernizar a nossa cultura, mas de um modo bem brasileiro. O "Abaporu" foi a tela mais cara vendida até hoje no Brasil, alcançando o valor de US$1.500.00. Foi comprada por um colecionador argentino e hoje reside no MALBA, o Museu de Arte Latino Americana de Buenos Aires.

Além de "Abapou", Tarsila do Amaral possui um belo Acervo de Obras que estão dividos em vários museus de todo o mundo. Dentre as suas Obras as mais importantes foram:

"Pau-Brasil", que foi iniciada em 1924, uma importante Obra dotada de cores e temas acentuadamente brasileiros.

Em 1933 pinta o quadro "Operários" e dá início à pintura social no Brasil. No ano seguinte participa do I Salão Paulista de Belas Artes.

Nos anos 50 volta ao tema "Pau brasil". Participa em 1951 da I Bienal de São Paulo. Em 1963 tem sala especial na VII Bienal de São Paulo e no ano seguinte participação especial na XXXII Bienal de Veneza.

Tarsila deixou muitas obras importantes como: Antropofagia, Urutu, Lago, Sol Poente, entre outras... que jamais serão esquecidas.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

Giselle Fleury disse...

Gabriel, parabéns pelo trabalho! Não sei se vocês ainda estão usando o blog, mas eu gostaria de colocar um link para a minha turma usar como referência, você autoriza? Sou professora de português do Estado do RJ e faço um blog com meus alunos também.
Obrigada!
Giselle

DanielGaldes disse...

isso era para pesquisar para escola,to nem aí,me traz batata frita!!!!

Postar um comentário